Beijos se Repetem (Xote)

Escrevi um bilhete desenhei lindo ramalhete, coração igual sorvete,
Enfeito  minha  Claudete.  Não esperei que derreta, escrevi com letra preta,
Amor estava em gaveta, descobri foi na internet.
Namoro sem igualar, sei que jamais vamos parar, não cesso de pensar
Mudei seu modo de pensar, agora minha atitude inquieta.
Ela é dúbia na porfia, escorrega com o marido da  Sofia,novato  da Turquia,
Com o malandro turco nós compete. por causa dessa menina está formando rotina,
Quando ela vem da Argentina, nosso amor infalível repete.

Esse amor imaculado, com razão fui caluniado ciúme exagerado
Com a filha da Arlete.o que  aprontemos no motel volume do escarcéu,
Não ganhemos troféu dez dias pintando o sete
Redomona igual bagual, afogado num lamaçal numa loucura total
Colemos igual chiclete, também suores tomando conta, de amor ficando tonta,
Os planos ruins desmontam num mar de omelete.
Táxi que nos levou tanto castigou, o dinheiro racionou pela dobra do frete.
Amor sem dividir o turco pode ir sem a Claudete sumir
Pode desintegrar na região do Tibete.
Em São Paulo ela foi ao microfone, ajudado da Ivone
Fez que todos impressione,  pois cantou igual a Grete.
Por mulher felina não rebaixo eu nasci para ser macho
Ela dança xote e tango e faz barba com gilete.
Velhaca sabe dar pulo é assim que eu fico gulo
No sesteio nosso corpo fica chulo, sem aperto do sorfete.
Com toda essa proeza traquejo na destreza
Sou transformado em rei ela princesa  enfeitado de confete.
È amor não é estrupa com ela na garupa
Afirmando em minha nuca ao acelerar a mobilete.

Nosso tempo é gastado semana inteira abraçado
No gabinete trancafiado, e passeamos no chevrolet.
Depois da merenda juntos na fazenda,
Sem desgrudar da prenda  troteamos a charrete.
Ajuntando a boiada a mangueira é fechada
Ela exposta bem arrumada no pneu da caminhoneta.
Completa tudo o que é bom sem preço de mensalão
Não fugimos da ação deixamos que tudo complete.
Esconderei a jóia aonde ninguém olha sem haver tramóia
O turco suma da história lá nos montes do Tibete.

Composta em 20 de agosto de 2006 – às 8h37

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments