Carinhos Tempestuosos (Xote)

Quando pego na viola minha idéia consola saem versos da cachola quando os dedos manejam.
Faço modas no repente agradando toda gente digo o que o coração sente inspiração não pestaneja
Meus dedos são caprichoso canto entusiasmado furioso tom harmonioso das notas que solfeja.
Meu prazer é cantar alegro por encontrar prazer é bem atar uma animada peleja.
Sou amante do que é bom domino venço na função repouso no coração minha casta sertaneja.

Com minha viola nos braços não sinto embaraço dinheiro não fica escasso tenho tudo o que deseja.
Sertaneja em minha volta serei sua escolta nossos carinhos se solta tudo de bom nós enseja.
Quando ficamos nervosos o amor fica mais gostoso carinhos tempestuoso sem migalha nem goteja.
Atitude de galante na união só nós garante você é confiante isento de quem moteja.
Olhos lindos castanhos cabelos de bom tamanho lábios não fica estranho desta jóia sertaneja.

No encontro rotineiro sovamos nosso paradeiro intenso amor ano inteiro prontinha não rasteja..
No amor abundante sei que ninguém garante anjos ficam distante sentindo muita inveja.
Ao darmos voltas na cidade toda humanidade vê nossa amizade sem querer eles corteja.
Nós fazemos encenação conservando opinião pra que toda população bem unida nos veja.
Anotem e pode ver o que pode acontecer amor igual sem nascer igual minha sertaneja.

Ninguém perde por esperar vendo nós se casar esparramar um mar continente de cerveja.
Proteja-me o todo poderoso para eu sair vitorioso com boa esposa e esposo em tudo nos proteja.
Nós na sua mão somos menor que um feijão sua criação reservada na bandeja.
Desabrocha a flor em botão apertando minha mão avançamos em união com nosso voto na igreja.
Será um mundo encantado constante ao meu lado corações acoplado com a linda sertaneja.

Composta em 11 de agosto de 2011 – às 14h37

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.