Compadre Pau de Amarrar Égua

Lá nos anos de 1933 que Getúlio era presidente povo comprava um carro cavalo e até botina um ano após o preço era o mesmo. E difícil em vender de novo aquele objeto. Os armazéns tinha nome de secos e molhados Podiam vender aos labradores com pagamento anual. Porque as lavouras eram uma só colheita no ano era café e algodão. Mais tinha alguns que variava com outros produtos e tinha dinheiro no ano todo. Faziam farinha, melado açúcar e outros adomavam animais que era bem pago. Tinha um compadre com outro recente desprevenido para ter seus créditos nos armazéns tinha de veis em quando emprestar dinheiro daquele mais sagas se não quisesse passar fome. Onde o sagaz era o salvador Certo dia veio emprestar uma égua e também levar uma carga de batata-doce que quase que mata o animal de hernia, e prosseguiu sempre a rotina.
Um dia emprestou o cavalo para ir até acidade e lá se engraçou em vender o animal e um vizinho que viu veio e relatou o caso mais não sei como que não saiu o negócio outro dia veio seu cavalo compadre ele é muito bom esperto, daí o compadre salvador descarregou até condenou sua raça mesmo não sendo racial chamou de negro sujo bem mostra o que é caboclo de merda em que o tal falso compadre dizia pode falar tudo meu compadre que o negro veio suporta tudo e tudo mesmo. E vai aguentar bem quietinho.
Mais não se convenceu outro dia veio emprestar os muares e arado e não sabia regular e o compadre por muitas vezes atuou em ajudar o salvador zangou e disse eu acerto tudo e você tira do ponto? Mais ele disse ué eu aro a terra ou arrebento tudo o arado daí foi outra pega que o salvador disse é assim seu cachorro ordinário arrebente o que é seu leve já tudo em casa e ainda foi de novo emprestar um burro que se chamava soberbo e muito bom só que nenhum anda em cima tudo animal querem descer em baixo no risco e a não ser que seja uma pareia, com aquelas blasfêmias o compadre foi de novo tomou o burro e ele ficou lambendo os beiços. Agora sim que eu relato esse compadre salvador era meu avô muito bem preparado porque não enjeitava serviço e prática que morou e foi muito bem quisto em toda comunidade rural e na cidade de Elias Fausto é sim um causo mais verdadeiro que parece haver alguém lá ainda que confirme a existência desse salvador e seu caráter inigualável.
Agora tem a comparação atual democrática em que todo ano é dito para escolher o melhor dos candidatos e sempre os eleitores vai pra lona e sim logo após já notam que seus votos foram errados aí é os eleitores a salvação onde quem sobe no poleiro jamais dá a mínima pelota aos seus compadrescos que todo o tempo vivem tristes. Ilustremos aquele que poucas horas depois da vitória mexeu nas poupanças bancárias. Eram gerais o apoquentamento.
DO AMIGO DA ONÇA.

Composta em 12/4/2015

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments