Pita Assassina na Estória

 

Meu pai ainda moço contava muitos causos; Dizia que uma princesa fazia proposta de casamento para os moços si não conseguisse decifrar uma pergunta apenas. Um bobo resolveu encarar e em cada acontecimento de sua viajem que era a pergunta que ia  fazer. 2ª Pegou um facão matou um leitão deixou a 1ª metade para a sua mãe e sua mãe pensando que ia morrer na presença do rei fez um bolo e envenenou uma cadela chamada Pita acompanhou ele seguiu a viagem. 3ª Já de saída tropeçou e caiu. 4ª Mais a frente achou uma cobra e matou com o facão, 5ª Viu um boi num trigal tocou fora. E foi armando a pergunta 6ª Chegou a tarde parou para pousar em baixo de uma laranjeira, Comeu a carne do leitão e achou apenas três laranjas que fez a sobremesa, der repente surge um negrão gigante e sacudiu a laranjeira ele disse era só três laranja e já esta em minha barriga mais continuou a sacudir ele tornou  a repetir eu já disse era só três. Mais o negrão encarou e formou uma briga que logo dominou e foi com o facão no peito mais o negrão disse não, não faça isso é que aqui no pé da laranjeira tem um enterro de ouro pegue um enxadão que está aí e arranque era três vasilhas cheias. E começou a engrenar mais a pergunta e dando tudo certo 7ª Á cadela estava com fome ele deu todo o bolo que comeu e em seguida morreu ele foi carregando ela e encontra com sete soldados armados com fome extrema. 8ª Que pediu a cadela para fazer seus petiscos os sete soldados também morreram. 9ª Ele fez um alvo e provou qual dos fuzis seria o melhor. 10ª Atirou num chãchã e errou e acertou em uma pomba na frente. 11ª Achou uma cruz de madeira e rachou em gravetos e fez fogo assou e comeu a pomba.
   Chegou ao palácio do rei e fazendo as 10 pergunta. Disse uma coisa que eu nunca deixava era a sua 1ª mãe, daquilo que eu tinha trouxe a metade o leitão 2ª., no caminho levei um encontro que nunca esperava foi a topada que caiu é a 3ª, se um é ruim outro é o melhor a cobra que matou com o facão a 4ª, toquei o bom do melhor o boi  do trigal, a 5ª se o fruto é bom melhor é a raiz os vivos sabem porque os mortos diz o ouro do enterro 6ª pergunta com a Pita matei  sete 7ª, das sete, escolhi o melhor o fuzil, 8ª com a melhor errei o que vi acertei o que não vi pomba que matou 9ª, e com a lenha santa assei e comi 10ª,  ela não decifrou mais colocou num aposento por três dias ele pediu licença que se nos três dia decifrasse ele poderia fazer mais três perguntas ouve acordo. No dia seguinte a princesa para não casar com o bobão mandou a criada levar o almoço. 1ª E sentou bem ao lado dele e disse conta qual é a pergunta ele foi num prego na parede pegou um chicote e bombardeou, dessa sossegou 2º dia a segunda já de medo deixou o almoço e La de longe disse pode contar a pergunta? Ele disse espere que conto já ela correu sem poder surrar a 2ª pergunta da nova etapa. A 3ª, no vencimento dos três dias a princesa mandou chamar, ela de muito bom jeito disse bem Zinho querido! Você podia muito bem contar ele disse eu conto mais você tem de tirar sua calcinha e deixar aqui para mim a isso não! É é é é a solução ele disse. Enfim foi resolvido que mandou chamar o rei ela disse pai decifrei. Mais o moço disse mais outras três perguntas ainda no trato. O rei disse faça-os. É no 1º dia veio no meu quarto uma pomba que eu surrei no segundo dia veio outra pomba que correu não pude surrar agora a terceira sim arranquei pena e está aqui no meu bolso que vou tirar. A princesa pulou em seus braços e disse não, bem Zinho não, não vá mostrar eu casarei com você.

Composta em 11/3/2012

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.