Livro de Jó 3º

 

Tinha assento preparado na vila ,29:7, Rapazes escondia ao ver(8) idosos ficava em pé(8), reprimiam os príncipes  as palavras (9) ficava mudos,líderes escondiam(10) olhos e ouvidos entendiam(11) atribulados eram salvos (12) bênçãos para quem estava para morrer (13) viúvas era alegrada, justiça vestia e ra revestido(14, olhos para cegos ´pés para coxos,(15) verdadeiro pai para os pobres,(16) contra os contraventor quebrando as mandíbulas(17) extraindo seus dentes,tinha confiança no ninho e em multiplicação (18)dias igual grão de areia(18) Raiz aberta para as aguas  com orvalhos pernoitando nos ramos (19) nova é a glória  o arco era rápido (20) escutavam o conselho esperando silenciando (21 gotejando as palavras, era igual chuva no tempo certo primaveril (23) Não acreditavam no sorriso eram incautos,(24) sem luz, escolhia  o caminho  sendo o cabeça (como rei  das tropas consolando quem chorava(25) os jovens caçoaram  por ter recusado por os cães  do rebanho( 30:1, tanto falou  em poder fracassaram (2 hoje só de fome são estéreis  na região árida onde foi tempestade e desolação(3) comem carqueja (4) sem moradas nas penhas no pó  nas encostas do vale da torrentes(6), Bramam nos arbustos urtigas é sua sombra(7) os sem nome insensato é chutados a chicotadas (8), repetem canção de caçoada (9), cuspindo na face  detestando (10) sem freio humilhando  e longe(11) atacando em tudo o que prejudica(12) trilhos desfeitos (13) Vem terrores vento perseguem  só a nuvem salva o porte nobre  é atacado (14,15) ossos furados  a noite sem folga as dores,(17) vestimenta mudam30:18,  cruel os transforma(21) Vento-os levanta (22) Casa de reunião para os viventes30:23, escombros é livres  e sem clamor(24)intestinos fervidos e quietos (27) Triste sem luz do sol (28) Irmãos de chacais e de Avestruz  (29) ossos fervem secos e pele preta (30) harpas é para o pranto (31)Pacto para os olhos e não olhar para  a virgem 31:1 desastre para o contraventor(3),  vê caminhos conta os passos (4)  inveracidade  não é amiga(5) a balança é exata ao pesar (6), coração não pode andar atrás do olho  e mãos sem defeitos  (7) sem lograr companheiro por causa de mulher (9) pode pagar com a mesma e sem os magistrados dar apoio (10,11)fogo consumiria  até a destruição (12) condição humilde sem ser negado,(16) o menino órfão era convidado a comer junto (17) supria o pobre de roupas(19) auxilio geral(21) omoplata pode cair como uma praga, (22) não confiando no ouro(24) sem alegrar com muitas propriedades (25) forasteiro não deixava sem pernoitar(32) homem terreno só encobre as transgressões no bolso pequeno da camisa (33) massa de gente não assustava nem escondia (34) sem litígio   Jeová que julgue (35) arca com toda despesa  (36) comunicava o nº dos passos  (37) solo  e sulco clamaria por socorro chorando juntos(38) comia mas pagando(39) Praga seria total se merecesse  (40 ) e é reconhecido que nada passa desapercebido  ou inalcançável  de Jeová42:2  tem coisas mui maravilhosas que esta em nossa frente e não conhecemos(3) em rumores vê e depois o  olho que vê    42:6 E temos de reconhecer que somos apenas um verme minúsculo  Isaías 41:14 

Nº414 desde 29-42:6

Composta 13/5/ de 2009

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments