PRIMEIRÍSSIMO LUGAR ADORAR JEOVÁ

 

Nunca soltei os cavalos nas ribanceiras mais bem domesticados e também distribui  bálsamos de Gileade de uma maneira  eficaz!  Aos frêmitos de emoção com inefabilidade de minha super safra ao qual Jeová me irrigou adubou pode fornecer um maná dos quais eu tinha em excedente distribui  ao publico  acessível! Abanei os rémige  e atingi  uma vasta terra, hoje na alcova  nada sobra senão delirar! Em minha viagem por meios de alpondras. Com inter cadencia sem ser do meu gosto em adusto  exausto dos intensos bombardeios ao superar  um planeta da 5ª grandeza  fui esmagado  com um espermatozóide ao atingir o seu casulo enorme petisco fizeram  e continuarão em remoto com meu prato suculento  sentem saciados  andaram em bochorno   transformei em orvalho cintilante  com Jeová em meu encalço. Hoje estou em um torno num marnel ao entrar num lugar algar escuro encontro estarrecido os poderosos velozes  estão numa gaiola preso ou como cão em pleno coito com a companheira digo amarrados.  Não sei se Jeová ri ou chora com este infausto pesadelo que surgiu na localidade mais neste intervalo as pedras tem criado  bocas ouvidos olhos ou não são mais inanes. Sinto em minha carne como o mal de lepra isto é, o que dizem ao meu respeito o qual me deixa em sérios apuros ou de tormentos! Quando penso que os limites são máximo pode ser apenas o começo ainda fico posto em praças pública  para a pilhéria  total onde todos com uma agulha tentam furar-me agulha sim a língua Satélite instalados de espionagem até meu piscar de olho todos procuram fazer um checape de mim  se eu fosse fazer morada com as minhocas tatu creio que lá me localizariam ao barafustar  esse  pico  Everest  sinto-me super  exausto fui atingido por um choque  de uma força  mega volto  vida espiritual inerte mas o espírito latente  se quiser sobreviver em paz  ou até fingindo  para não cair num suplicio ainda maior Minha super atividade que para os urubus não foi conhecida mesmo  olhando o progresso  jamais visto  numa terra devastada fiz um manancial  comparando fui um bom goleiro sem ninguém marcam o tento sim um artilheiro, mais do outro lado foi a derriça  o diabo não gostou e nem os bitolados foi comparando também a um arfo ou beque profissional.  Hoje se quiser prosperar tenho de adorar homens coisa que jamais vou fazer é só Jeová que adorarei.
O que interessa é a vitória e não abrir mão Isaías 54:17 e por Jeová mesmo em primeiro lugar depois da tempestade láaa vem bonança.

Composta em 11/6/2009

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments