Salmos Cento e Quarenta e Dois (cântico)

Com minha voz passei a clamar. Socorreu o Deus de Salvação.
Minha voz implorando a Jeová. E relatei a minha preocupação.
Minha alma só confia nele. Dando fim em minha imensa aflição.
Meu espírito tinha debilitado. Mais Jeová veio em minha direção.
Perseguindo pra deixar cambaleante. Havendo flechas e alçapão.
——————————————————————————————
Olhem para a direita e veja tudo. Que jamais alguém dá a razão.
Perecendo o lugar de refugio. Não interessa se estou vivo ou no caixão.
Veloz Jeová veio em socorro. Porque na terra fugiu o meu quinhão.
Clamor suplicante empobrecido. E Jeová estava prestando atenção
Livrou dos forte perseguidores. Na fragilidade derreteu toda sua ação.
——————————————————————————————
Tirando fora do calabouço. E seu nome teve admiração.
Ajunte os justos em torno de mim. Deus reconhece o valor do cristão.
O salmo 142 declara a perversidade. Davi afugentou de falsos irmãos
Inimigos na obra de Jeová. Invejosos trazem forte altercação.
Desesperado o fiel israelita. Foi comovido ao proferir oração.

Composta em 25/11/2015

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments